Newsletter

Just enter your email to get all the latest offers

Sex Education

Sex Education é uma série britânica criada por Laurie Nunn e lançada pela Netflix no finalzinho de 2018. A história retrata o ápice da adolescência e suas questões sexuais de uma maneira divertida e sem tabus, abordando temas “complexos” como gravidez e aborto na adolescência, métodos contraceptivos, DST’s e demais enfermidades íntimas, homofobia, padrões sociais de classe ou étnicos baseados em segregação racial, vida amorosa, padrões de beleza, transtornos psicológicos, além de explicar de maneira descontraída e esclarecedora os diversos tipos de sexo, concedendo dicas de como se sair bem na hora H e se prevenir contra todo tipo de problema.

A trama gira em torno de Otis (Asa Butterfield), um adolescente virgem e insignificante que, por obra do acaso, acaba ajudando o valentão do colégio, Adam Groff (Connor Swindells), com seu complexo de pênis grande. Maeve Wiley (Emma Mackey), vendo a eficiência dos conselhos de Otis, propõe ao rapaz de ambos montarem uma “clínica”, para os estudantes com problemas sexuais poderem resolver suas questões, além de gerar uma grana. Com tudo o que aprendeu com sua mãe, Jean (Gillian Anderson), uma terapeuta sexual, Otis e Maeve embarcam em diversas histórias, dúvidas, medos e frustrações sobre o mundo dos prazeres carnais e sua exploração.

Otis não é um garoto muito popular e tem como único amigo Eric Effiong (Ncuti Gatwa), um rapaz negro, homossexual e de família religiosa, que não fica muito feliz com toda as mudança de Otis. O tempo com Maeve e a clínica atrapalha a amizade dos dois, gerando consequências desastrosas.

Em meio a tantas loucuras e dilemas da juventude, Otis tem um trauma de infância que o impede de se masturbar ou transar com alguém. A série nos mostra a evolução de Otis quando inicia com o rapaz fingindo se masturbar em seu quarto apenas para não preocupar sua mãe e não precisar ter uma daquelas conversas de terapeuta, e termina com ele, enfim, ejaculando.

Apesar do nome e de falar bastante sobre sexo, com direito à nudez explícita, é uma série bastante necessária e com profundidade. Com personagens complexos e histórias trágicas, tristes ou hilárias, a narrativa traz reflexão, carisma e verossimilhança quando vemos todos aqueles jovens com diversos questionamentos que provavelmente a humanidade inteira já teve. Não é apenas mais uma série sobre sexualidade, pois, ao mesmo tempo que mostra a importância do sexo na vida das pessoas (biologicamente, psicologicamente, emocionante etc.), mostra também que sexo não é tudo.

Há um certo conforto em séries adolescentes desse tipo, que ensinam o que não dá para aprender na escola e muito menos em casa, pois sabemos que não há muitos pais que conversam sobre esses temas pertinentes com seus filhos.

Sex Education é a dramédia amorzinha que te faz querer assistir tudo de uma vez, além de shippar o Otis com a Maeve, porque sim!

Chore com o Eric; ame mais; cultive a empatia; acolha as diferenças; priorize seu bem-estar; liberte-se dos padrões que te sufocam; aborte quando for necessário; crie algo que pode mudar a vida das pessoas; não deixe seu amigo sozinho no aniversário dele; supere o passado; e, faça sexo com consciência e com muito prazer. São apenas alguns conselhos que a série deixa pra gente. Boa maratona!

 

No Comments

Post a Comment