Newsletter

Just enter your email to get all the latest offers

[cta_recaptcha* cta_recaptcha]

Atrelada aos valores da empresa e a nossa Responsabilidade Social, A Dona da Casa criou a Organização Social “Rosa Vermelha”, com objetivo de apoiar e executar projetos sociais, educacionais, socioambientais, com foco em inclusão social.

A Dona da Casa tem como um de seus principais valores a Responsabilidade Social. Levando muito a sério o seu papel na construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

 

DO MORRO PARA O RINGUE

Projeto realizado no Morro do Tuiuti, que oferece aulas de boxe e atua na inclusão social para meninos e meninas, crianças e jovens, que conheceram o boxe e se apaixonaram pelo esporte. A ideia foi da lutadora Bruna Mendes, que, ao lado do marido, Glaucio Rodrigo, queria atrair os jovens da comunidade a conhecerem um mundo diferente e buscarem a inclusão social através do esporte.

 

PROJETO PRIMEIRA ESTAÇÃO

Com o Projeto Primeira Estação, que busca novos talentos artísticos no Morro da Mangueira, A Dona da Casa promove inclusão social. Por meio de apoio com treinamento e capacitação de jovens que se preparam para o ingresso no mercado de trabalho, a produtora gera valor para a própria marca e além de contribuir para a cultura do país, investindo na educação. A capacitação desses jovens são ligadas as variadas formas de artes e já foram descobertos diversos talentos nas artes cênicas, dança, música, bem como roteiristas.

 

ONG A Rosa Vermelha

Tem por finalidade atender às camadas mais necessitadas da sociedade, com destaque para a promoção:
• da proteção à família, à infância, à maternidade, à adolescência e à velhice; do amparo às crianças e adolescentes carentes;
• de ações de prevenção, habilitação, reabilitação e integração à vida comunitária de pessoas portadoras de deficiência;
• da integração ao mercado de trabalho; da assistência educacional e da saúde;
• do desenvolvimento da cultura;
• do atendimento e assessoramento aos beneficiários da Lei Orgânica da Assistência Social e a defesa e garantia de seus direitos.
Desta forma, A Rosa Vermelha tem por objetivo a realização de quaisquer ações que visem melhorar o bem-estar da camada da população mais necessitada.

 

OBA – OFICINAS BÁSICAS DE ARTES

O projeto OBA (Oficinas Básicas de Artes) tem por objetivo realizar oficinas de dança, teatro e percussão para crianças e jovens, levando em consideração o conceito de saúde integral, aliando ao atendimento e acompanhamento psicopedagógico, psicológico e nutricional.

A previsão é que o projeto tenha início em 2020 e aconteça na Cidade de Deus e Complexo da Penha.

 

PFAC – PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE AGENTES CULTURAIS

O “PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE AGENTES CULTURAIS – PFAC” é voltado para a promoção de qualificação profissional e desenvolvimento de competências através de expressões artísticas e seus modos de fazer. O projeto oferece cursos gratuitos de Elaboração de Projetos Culturais, Roteiro para Artes e Assessoria de Comunicação.

As primeiras turmas acontecerão através do Programa Luz Solidária da ENEL. Os cursos acontecerão na Casa Brasil de Imbariê, na Avenida Coronel Sisson, Lotes 15 e 16, Quadra, Imbariê, sempre às quartas-feiras, nos turnos da tarde e da noite, com apoio da ENEL, através do Programa Luz Solidária, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Duque de Caxias e da Ordem dos Advogados do Brasil de Duque de Caxias.

O PFAC veio para ficar. Esta é a primeira de muitas edições a serem realizadas em diversos municípios do Rio de Janeiro, sempre reunindo o que há de mais precioso: arte, cultura, educação e qualificação!